Categorias
Desafio

Desafio em 1h

por Raoni Vieira

Post Original em
https://raoniarts.wordpress.com/2018/11/21/desafio-em-1h/

Os desafios em 1h foram criados pelo pessoal do grupo da Claytrix no Telegram (grupo com foco em escultura e afins), para praticar a visualização de formas e a prática de maneira ágil. 

Como funciona:

1. É selecionado um tema;
1.1. O tema deve ser o mesmo para todos, pode ser um desenho, só um rascunho ou um conceito.
1.2. Escala, posição, postura, detalhes e elementos podem ser alterados conforme a sua imaginação, mas a aparência principal do tema deve ser mantida.
1.3. A escultura pode ser de qualquer mídia, ou seja, também podem ser escultura digital.
1.4. Quando o tema não contiver uma imagem de referência, a mesma deve ser enviada antes do início do desafio. 

2. É marcado um horário;
2.1. Geralmente é marcado no fim de semana, para que o grupo tentar fazer o andamento juntos.
2.2. Quem não puder fazer junto ao horário proposto, pode selecionar um horário mais adequado, contudo, as regras 3, 4, 5 e 6 se mantém.

3. A estrutura, quando aplicável, pode ser preparada com antecedência.

4. No horário proposto, se envia uma foto para o grupo, da massa a ser utilizada, da estrutura e local de trabalho.

5. A cada 15 minutos se envia uma foto do andamento da peça.
5.1. Opcional 1: 1 foto em 30 minutos.
5.2. Opcional 2: Live no Instagram ou Youtube.

6. Ao final de 1 hora se envia a foto do resultado no grupo. 
6.1. Para postagens dos resultados no Instagram, usar as tags:
#desafio1h
#desafio1hclaytrix
#oclocksculpting

Objetivo:
Chegar o mais longe possível, evoluir a escultura ao máximo, em um tempo determinado.
Isso vai obrigar a caprichar na blocagem das formas básicas e escapar do vício de ir alisando a peça a todo momento, treinando a visualização das formas e volumes de maneira rápida, economizando muito tempo. Também vai melhorar a percepção das etapas de construção dos modelos. 

Para ver os desafios passados e atuais, visite blog.raoni.art.br

Categorias
Desafio

Desafio de São Claymente

por Raoni Vieira

Post original em https://raoniarts.wordpress.com/2018/08/08/desafio_sao_claymente/

O pessoal da madrugada do grupo da Claytrix no Telegram criou uma ideia pra incentivar o pessoal a estudar. Pra quem não conhece São Claymente, visite o canal do Youtube da Claytrix e assista as lives. Além de aprender muito sobre o mundo escultórico, irá também conhecer as lendas de São Claymente e o Rinotoba.   Desafio do São Claymente: Objetivo: Esculpir a criatura escultória lendária São Claymente, em qualquer mídia (incluindo digital) e tamanho. Do sketch até a finalização. (nada de parar no meio)  

Regras:

  • Tem que postar no Instagram  o andamento, ou seja, cada vez que mexer na peça, poste uma foto lá. 
    (Isso faz com que movimente o seu instagram, hoje ele é uma ferramenta interessante)
  • Usar as hashtags  #desafiosãoclaymente  #sãoclaymente  #claytrix
    (ajuda a encontrar os São Claymente perdidos por aí)    
  • Não é necessário molde e casting, mas não está proibido ?  
  • Tem que ter o concept/rascunho/referências postadas pelo menos uma vez durante o processo. Ou seja, nada de fazer de qualquer jeito, de cabeça.
    (A ideia é praticar também o uso das referências)  
  • Quando possível, fazer um vídeo, com o celular na horizontal, a uns 50cm da peça, girando ela para mostrar todos os lados, postar no youtube e enviar o link até a última quarta-feira do mês para contato@claytrix.com.br para participar da live de críticas do canal da Claytrix.
    (A ideia aqui é fazer o pessoal perder a vergonha de receber críticas)

Dicas:

– Se tu não és bom de desenho, pelo menos use imagens baixadas da internet, misture os elementos, mas não faça somente de cabeça, assim o trabalho anda mais tranquilo, acredite;

– Procure esculpir diariamente, nem que seja por meia hora, isso cria um hábito de trabalho;

– Ilumine bem o ambiente de trabalho, isso reduz a fadiga ocular e melhora a visualização da peça;

– Pare pelo menos a cada uma hora para esticar as pernas, costas e tomar água, isso também ajuda a manter o “fresh eye”;    

saoclaymentedesfocado